LAPEC
LAPEC
UNIMED

Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência

Por Raphael Gonçalves Neto em 19/10/2021 às 23:29:05

O Ministério da Sa√ļde anunciou hoje (18) que investir√° R$ 14 milh√Ķes na cria√ß√£o de 10 mil vagas para o Programa SOS de Ponta, visando a qualifica√ß√£o de profissionais da sa√ļde para realizarem atendimentos de urg√™ncia e emerg√™ncia em suas unidades de sa√ļde.

"Vivemos hoje situa√ß√£o de emerg√™ncia na sa√ļde p√ļblica internacional. Nosso pa√≠s teve mais de 600 mil óbitos decorrentes da covid 19. A grande li√ß√£o dessa pandemia é o fortalecimento do sistema de sa√ļde no Brasil", disse o ministro Marcelo Queiroga durante a cerimônia de lan√ßamento do Programa SOS de Ponta-Capacita√ß√£o nas Urg√™ncias e Emerg√™ncias do Brasil.

Segundo ele, o sistema de sa√ļde tem, atualmente, "posi√ß√£o confort√°vel" para atender aqueles que, com s√≠ndrome respiratória grave, necessitam de unidades de terapia intensiva (UTIs). "Hoje trazemos essa a√ß√£o SOS de Ponta porque sabemos que, nas urg√™ncias e emerg√™ncias, é que existe o risco maior de morte, e precisamos qualificar melhor aqueles que est√£o na ponta para atende a essas situa√ß√Ķes", disse o ministro.

Médicos pelo Brasil

Queiroga antecipou que, até o final do ano, sua pasta lan√ßar√° o Médicos pelo Brasil, programa que, segundo ele, "ter√° edital para a contrata√ß√£o dos médicos de uma maneira diferente da do passado, que inclusive traziam cidad√£os de outros pa√≠ses, em regime muito impróprio para trabalhar em nosso pa√≠s. Queremos mudar esse cen√°rio".

O ministro classificou como "ativo precioso" os profissionais da sa√ļde que v√™m atuando na linha de frente para o combate à pandemia, e refor√ßou a import√Ęncia da rela√ß√£o de confian√ßa entre médicos e pacientes. Segundo Queiroga, "telesa√ļde e e telemedicina nunca v√£o substituir, mas refor√ßar, as rela√ß√Ķes médico-paciente, ampliando acessos".

Fonte: Agência Brasil


Fonte: Agência Brasil

Comunicar erro
UNIMED
LAPEC

Coment√°rios