LAPEC
LAPEC
UNIMED

OPERAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO RJ, EVITA MASSACRE EM ESCOLA DE SAQUAREMA

Por Raphael Gonçalves Neto em 08/05/2022 às 22:17:10

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 2ª Promotoria de Justiça Criminal de Saquarema, realizou, na manhã de sexta-feira (06/05), operação para prender uma pessoa que ameaçou matar estudantes e funcionários de uma escola particular do município. De acordo com as investigações, Mario Freire da Costa Silva, através de dois perfis anônimos no Facebook, fez postagens na página da escola Sociedade Educacional Itaúna (SEI Anglo) com os seguintes dizeres: Massacre 06/05, Vão todos morrer!. A operação foi realizada com o apoio da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ), em parceria com a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática.

Continua após o anúncio


Além do mandado de prisão, foi cumprido mandado de busca e apreensão na residência do acusado, no bairro Porto Novo, local de onde teriam partido as ameaças. A investigação, deflagrada para apurar a prática do crime de perseguição, tipificado no artigo 147 do Código Penal, além de incitação à prática de terrorismo e possíveis tentativas de homicídio, identificou, por meio do provedor de internet, a propriedade dos perfis que estariam realizando as ameaças como sendo de Mario.

Continua após o anúncio


"Diante das mensagens massivas e recorrentes perpetradas pela rede social, do fundado temor de alunos que não estão comparecendo às aulas na instituição de ensino por temerem a ocorrência real dos ataques, além da necessidade de proteção dos funcionários, crianças e adolescentes que ainda encontram-se presentes local, e da imprescindibilidade da medida judicial para o prosseguimento das investigações para a correta tipificação da conduta, e apuração de eventuais crimes cometidos e ainda não elucidados nesta Comarca, oficia o MPRJ pela expedição dos mandados de prisão temporária e de busca e apreensão", diz um dos trechos do pedido encaminhado pelo promotor Rodrigo de Figueiredo Guimarães, da 2ª Promotoria de Justiça Criminal de Saquarema.

Os mandados de busca e apreensão e de prisão cumpridos na sexta foram expedidos pela 1ª Vara Criminal de Saquarema.

Por MPRJ


Comunicar erro
UNIMED
LAPEC

Comentários