LAPEC

Operação da Polícia Civil, com apoio da Águas de Juturnaíba, flagra furtos de água em condomínio de Saquarema e termina com 11 detidos

Por Raphael Gonçalves Neto em 13/05/2024 às 09:18:24

Uma operação conduzida pelo delegado André Bueno, da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, com o apoio da concessionária Águas de Juturnaíba, flagrou, na quarta-feira (08/05), furtos de água em 25 residências de um condomínio aberto, no bairro Porto da Roça, em Saquarema. No local, 11 pessoas foram detidas e levadas para delegacia do município.


Uma denúncia feita ao Ministério Público do Rio de Janeiro direcionou a operação da Polícia Civil. Os policiais solicitaram o apoio da Águas de Juturnaíba para uma vistoria e, no condomínio, técnicos da empresa identificaram que 25 residências estavam conectadas à rede de distribuição de água de forma clandestina. Os moradores foram levados para a delegacia e equipes da concessionária retiraram as irregularidades.

Continua após o anúncio


O furto de água é crime passível de penalidade, de acordo com o Artigo 155 do Código Penal. As ligações clandestinas provocam vazamentos e perda de pressão na rede, comprometendo o abastecimento de várias residências. Além disso, essas intervenções irregulares também podem ocasionar a contaminação da rede de distribuição.

A concessionária Águas de Juturnaíba tem feito uma série de ações para combater o furto de água. Ao constatar o crime, em grande parte dos casos, a Polícia Civil é acionada para o registro da ocorrência e a perícia no local. Por parte da empresa, uma multa é aplicada, conforme contrato de concessão. O valor depende do tipo de irregularidade.

Em caso de suspeita de ligação clandestina de água, a população deve fazer a denúncia pelo Disque Denúncia: 181 ou comunicar à concessionária pelo WhatsApp (21) 97211-8064 ou 0800 725 0265. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Fonte: Águas de Juturnaiba

Comunicar erro
Lapec

Comentários