LAPEC
LAPEC

Parceria entre Sebrae e Ministério da Justiça quer reduzir a violência e incentivar o empreendedorismo

Décio Lima e ministro Flávio Dino estiveram reunidos nesta quarta-feira (14) em Brasília

Por Raphael Gonçalves Neto em 15/06/2023 às 22:48:54

Ministro Flávio Dino foi recebido pelo presidente Décio Lima no Sebrae.

Sebrae e Ministério da Justiça farão uma parceria para reduzir a viol√™ncia no país por meio do empreendedorismo. O anúncio foi feito após reunião, na manhã desta quarta-feira (14), entre o presidente do Sebrae, Décio Lima, e o ministro da Justiça, Fl√°vio Dino. O projeto ir√° unir o programa Cidade Empreendedora, do Sebrae, ao Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci).

O Pronasci visa diminuir os indicadores de criminalidade, como homicídios e crimes contra a vida, nas regiões metropolitanas mais violentas do Brasil. J√° o Programa Cidade Empreendedora pretende engajar gestão pública e lideranças locais na melhoria do ambiente de negócios e na promoção de políticas voltadas a atender às principais demandas dos pequenos negócios, contribuindo para o desenvolvimento econômico local, com a potencialização e institucionalização da Lei Geral da Micro e Pequenas Empresa.


O presidente do Sebrae destacou que a parceria ir√° contribuir com as políticas do Pronasci para que uma parcela significativa da população tenha uma porta da esperança para desenvolver o seu negócio. "Vamos usar a nossa musculatura do Cidade Empreendedora para que brasileiros em condição de insegurança consigam iniciar um processo de cidadania e, com isso, terem uma renda. Vamos atuar como parceiros efetivos do Ministério da Justiça", ressaltou Décio Lima.

Fl√°vio Dino pontuou que o Pronasci tem atuação em 163 municípios brasileiros que representam metade desse terrível indicador no país e, a fim de potencializar seus efeitos, estão sendo celebradas parcerias com entidades públicas e privadas. "A vinda do Sebrae é muito importante pela sua tradição, pela força da marca e sobretudo pelo conhecimento pr√°tico do trabalho dessa rede poderosa de microempreendedores e micro e pequenas empresas. Segurança pública não é só polícia, não é só coerção. Tenho certeza de que vamos conseguir trabalhar com a rede da educação empreendedora e Cidade Empreendedora e que teremos apoio a políticas sociais relativas a egressos. É bom para toda a sociedade, portanto, é bom para o mundo dos negócios", comentou Dino.

Estiveram presentes também a coordenadora do Pronasci, Tamires Sampaio, e os diretores Técnico do Sebrae, Bruno Quick, e de Administração e Finanças, Margarete Coelho.seb

Fonte: Assessoria de imprensa - Sebrae


Comunicar erro
LAPEC

Coment√°rios